PÊNDULO ESPECTRO GLOBAL

Desenvolvido por António Rodrigues em 2013. Não apresenta a dificuldade de fabrico do Universal e do Equatorial Unidade. E é de grande facilidade no manuseio.
Grande vantagem em relação ao Universal: não tem a sobreposição das cores presente naquele.

As inscrições limitam-se às 12 cores do espectro, selecionáveis por anel à altura do equador.
Um furo passante entre os polos, para o fio de suspensão. O que o faz funcionar está escondido lá dentro!

Suspenso com o hemisfério branco para cima indica emissão em “magnético”. O oposto, hemisfério preto para cima assinala emissões em ”elétrico”. Quando gira nas duas cores é “eletromagnético". Mais fácil que roubar potinho de sopa de nenê.

Grande António, tu leva jeito.
O Cafarelli do Mahat tem uns dez no ponto. - Só lá!

As 12 cores do espectro.
V+
Fronteira entre o magnético e o elétrico, produz um movimento alternado. A corrente V+ é benéfica. É detectável à volta dos megalitos, das igrejas e capelas antigas. Normalmente presente.

Az
Muito benéfico, possibilita neutralizar os desequilíbrios e determinar os pontos de neutralização. O V+ e o Az unidos neutralizam ondas telúricas elétricas. Um ímã, uma champanhe colocados sobre um ponto Az reequilibram um local e eliminam o V-. As ligações terra devem ser feitas nesse ponto. Algumas terras raras emitem o Az. Raramente surge em fase elétrica (3º círculo à volta dos menires.)

I
Detectável em magnético em alguns produtos com ação sobre o estado geral. Raramente surge em fase elétrica.

Vi
O violeta caracteriza o estado de equilíbrio dos produtos sãos. Em elétrico entre 45° e 55° indica o equilíbrio da saúde. O estresse e as doenças diminuem nossa energia, nos remetendo para o V- e o P E.

UV
Detectável em magnético (detectável sobre certos produtos para plantas). É uma das maiores fontes de poluição que perturbam nosso ambiente. Transportada pelas correntes telúricas que se carregam nas ligações à terra, nos postes de luz e sob as linhas elétricas de alta tensão. O UV induz ao estresse e à agressividade. Produtos estocados em áreas de UV E se saturam e se alteram, sobretudo produtos energéticos; exemplo: a homeopatia. Da mesma forma é desaconselhável guardar rações animais nestas zonas.

Br
É a onda de Chartres. Detectável no eixo de todas as igrejas antigas, nos menires e dolmens. Na pesquisa de água serve como indício de sua presença e sobre a mesma indica sua qualidade, Um bom exemplo é a fonte de Lourdes. O Br E indica uma poluição da corrente de água pela eletricidade e pode-se confundir com o UV E.

V-
Sobretudo detectável em fase elétrica. Vibração ultracurta com grande capacidade de penetração; por vezes fissuras em concreto demonstram sua presença. Seguramente a mais lesiva de todas do espectro de ondas de forma. Tubos de raios catódicos e alguns aparelhos eletroeletrônicos emitem V-, assim como certos arranjos de formas o fazem. Facilmente detectável sobre seres vivos portadores de doenças degenerativas. Raramente se manifesta em fase magnética.

P
Vibração muito próxima do V-, relacionada com as forças ocultas, memória das paredes e graves desequilíbrios. Quando em fase magnética é uma energia de vitalidade e estimulação. Sintonizável em dois círculos em fase M à volta de menires bem localizados.

IV
O IV reforça a resistência aos vírus. O vinagre de maçã emite esta vibração. Sobre algumas linhas telúricas se encontra o IV em fase elétrica. Provoca estresse e agressividade.

Ver
Detectável sobre produtos anti-infecciosos (beladona, da homeopatia). Tubos de raios catódicos projetam Ver E; também pode ocorrer na trajetória de dois aparelhos em ressonância.

L
Presente em certos produtos anti-infecciosos (mercurius, da homeopatia). Difícil de encontrar em fase E.

A
Detectável na forma de espiral sobre antigas igrejas. Vibração repousante, bebidas vibradas com ela são benéficas, quando em fase M. O ponto Az encontra-se com frequência sobre uma zona maior A. Difícil de encontrar em fase E.

 

© 2018 por TOM SHAPIRO